Diagnóstico e Tratamento 

SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL

Você sabe o que é alienação parental? O termo significa manipulação de sentimentos e comportamentos dos filhos por parte de um dos genitores ou responsáveis pela criança ou adolescente, na tentativa de que eles tenham uma opinião contra a outra parte envolvida. Ou seja, um dos pais ou responsável procura influenciar o filho para que este passe a amar menos e, muitas vezes, até a odiar a outra parte, levando até mesmo ao afastamento do convívio.

Um dos conflitos familiares que mais envolvem a alienação parental são os divórcios, que comumente causam traumas, principalmente nos filhos que não entendem porque seus pais não querem mais viver juntos. Em grande parte das vezes, os filhos se sentem até mesmo culpados pela separação dos pais.;

A criança pode ter mudança do comportamento:

  • Alterações no rendimento escolar;

  • Alteração no relacionamento com os colegas;

  • Mudanças de humor repentinas;

  • Tristeza por longos períodos;

  • Irritação constante;

  • Agressividade;

  • Queda na autoestima.

O ideal é que eles não tomem partido, não fiquem a favor ou contra uma das partes, mas que entendam as razões do que está acontecendo e tenham a segurança de que continuarão sendo amados e protegidos por ambos – mesmo que separados -, e de que podem continuar amando igualmente pai e mãe.

A alienação parental já está prevista em lei, justamente para proteger as crianças e os adolescentes. 

É dever dos pais ou cuidadores zelar pelo bem-estar e pela saúde física e psicológica da criança ou adolescente em um momento tão delicado.

Agende uma consulta!

© 2016 by Dra Juliana Leite