Diagnóstico e Tratamento 

Transtorno de Personalidade Borderline

Também conhecido como transtorno de personalidade limítrofe (TPL), borderline é um distúrbio que afeta principalmente o equilíbrio emocional. O quadro interfere em todas as esferas da vida, desde trabalho até relacionamentos amorosos e familiares.

O diagnóstico é clínico e segue os critérios do Manual de Diagnóstico e Estatística dos Transtornos Mentais (DSM-5), da Associação Americana de Psiquiatria, que elenca os seguintes pontos de avaliação:

  • Dedicação intensa em evitar o abandono;

  • Presença de relacionamentos instáveis;

  • Mudanças frequentes de autoimagem;

  • Impulsividade e comportamento autodestrutivo em ao menos duas áreas,

  • Indícios suicidas ou de automutilação;

  • Flutuações de humor;

  • Sentimento de vazio;

  • Raiva demasiada;

  • Sintomas de psicose ou dissociação em momentos de estresse.

 

As características surgem no início da vida adulta e a confirmação do diagnóstico só é feita após os 18 anos, pois antes disso ele pode ser confundido com outros quadros de instabilidade resultantes de oscilações hormonais da adolescência.

Não há como curar borderline, pois o distúrbio persiste até o fim da vida. Contudo, o  nível de prejuízo social e a chance de suicídio caem conforme a idade avança, principalmente se forem aplicadas abordagens terapêuticas. 

Agende uma consulta!